A cultura é o elemento inerente ao ser humano que nos permitiu construir a civilização que temos atualmente: a capacidade de passar conhecimento de geração em geração, de estabelecer uma continuidade nos objetivos e ações de gerações após gerações de seres humanos.
Teacher Viseu Jovem
Idade 15-20
Área Social
Duration 45 min
Category Social
Grátis

A cultura é o elemento inerente ao ser humano que nos permitiu construir a civilização que temos atualmente: a capacidade de passar conhecimento de geração em geração, de estabelecer uma continuidade nos objetivos e ações de gerações após gerações de seres humanos.

Mas cultural assume-se como um conceito multinível, que depende de fatores externos tais como o espaço geográfico, os valores vigentes, fatores históricos, etc, que lhe confere contornos específicos que comummente nomeados de “culturas”. A cultural pressupõe também um elemento fundamental: é partilhada por um grupo específico de pessoas, mais ou menos extenso, que adota uma mesma identidade cultural que se expressa ao nível de objetivos, valores, religião, gastronomia, etc.

Com os movimentos migratórios verificados desde o século XX, toda a Europa começou a acolher grupos sociais e culturais distintos, provenientes maioritariamente de outros países, o que conferiu uma tónica profundamente multicultural à realidade europeia como a conhecemos. Portugal não é exceção.

A diversidade cultural e o contacto entre grupos culturais distintos assume-se como um importante fator de enriquecimento social, no entanto, quando não é gerida corretamente pode provocar instabilidade social, isolamento, o confronto entre grupos ou mesmo a proliferação de valores preconceituosos com o racismo e a xenofobia.

O contexto escolar, em específico, é um espaço societal de grande importância, pois os cenários multiculturais impõem desafios importantes a toda a comunidade escolar que deve integrar a noção de diversidade de forma transversal.

É num enquadramento multicultural que os nossos jovens crescem e que podem usufruir de novas aprendizagens inter e intragrupo, mas também de valores de igualdade, equidade, tolerância e justiça social.

Objetivos

  • Sensibilizar os jovens para a valorização da diversidade cultural e da diferença, fundamentais para perceber a escola como um espaço de tolerância e diversidade.
  • Conhecer o conceito de cultura e os mecanismos de formação da nossa identidade pessoal/cultural
  • Compreender os fatores que imprimiram uma grande diversidade cultural à nossa sociedade
  • Identificar o conceito de multiculturalidade e o fator de enriquecimento social que este pode consagrar
  • Operacionalizar os conceitos à realidade específica da comunidade escolar em que se inserem